Margem de certa maneira

Autoria(s): 
Intérpretes: 
Golbert Roussel; Christian Padovan; Michel Delaport; Denis Lable; Oliver Bloch-Lainé; Jacqueline Ritchie; Marie-Noelle Gondry; D'Agostino; Stepezak; Leahnie; Benedetti; Alain Noël; Michael Poli; Mauric Cevrero; José Mário Branco; Adriano Correia de Oliveira; Isabel; Mário Jorge e Manuel Jorge Veloso.
Data: 
1972
Número de faixas: 
8
Duração aproximada: 
00:30:00
Produtor(es): 
José Mário Branco
Editor(es): 
Sassetti - Guilda da Música
Tipo de suporte original: 
Vinil
Formato Vinil: 
12" - 45 rpm
Direitos de autor: 
José Mário Branco
Direitos fonográficos: 
José Mário Branco
Período da gravação: 
6 a 8 de novembro de 1972
Faixas: 
A1- Por terras de França
A2- Engrenagem
A3- Aqui dentro de casa
A4- Margem de certa maneira
B1- Cantiga da velha mãe e dos seus dois filhos (Mãe coragem)
B2- Sant'Antoninho
B3- A morte nunca existiu
B4- Eh! companheiro
Observações: 

Referência: DP 020
Gravação: Strawberry Studi, Hérouville, França.
Reedições: LP duplo, Sassetti - Diapasão, DIAP 16047 (1982); CD duplo, UPAV, U.910004.C2 (1991); CD, EMI - Valentim de Carvalho, 7243 8 35656 2 7 (1996); CD, Warner Music Portugal; referência 0190295723743 (2017).
Deste álbum fazem parte algumas canções que integravam o projecto de álbum "Crónica", no qual José Mário Branco colaborou com o escritor Álvaro Guerra. O álbum foi, na sua maioria, proibido pela censura prévia, pelo que nunca foi editado.

Imagens: